Blog

BIOTIPOLOGIA por Fabrício Borges de Faria

Biotipologia. A Biotipologia é a especialidade da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), responsável pelo estudo das características físicas e especificidades temperamentais fundamentados pelos conceitos das essências energéticas e da psicoenergossomática.

Características. A intenção desta especialidade é investigar e diagnosticar o nascedouro causal etiológico da desarmonia psicoenergossomática; através do exame de características físicas predominantes. Cumprindo assim com a cláusula pétrea da MTC que é a busca da matriz do problema. 

“cure a causa que o problema desaparece” – Fabrício Borges

Individualidade. A individualidade consciencial é representada principalmente pelos traços de personalidade positivos e negativos presentes no temperamento pessoal.  A particularidade dessas características molda o indivíduo numa condição exclusiva de interesses, escolhas e afinidades capazes de criar um padrão de manifestação específico.

Padrão de manifestação. É o modelo de ideia, sentimento, emoção mais proeminente presente na Raíz do temperamento pessoal. O padrão de manifestação representa a natureza essencial de qualquer manifestação consciencial; e a partir dessas informações o corpo físico é constituído, mantido ou transformado.

Biotipo. A forma física é organizada e estabelecida pelo desdobramento das energias em matéria. As energias por sua vez são caracterizadas pelo teor da informação do padrão de manifestação consciencial Essa realidade permite afirmar que o corpo fisico é reflexo dos pensamentos, sentimentos e emoções mais proeminentes expostos pela consciência.

“a mudança da intimidade temperamental reverbera na identidade biotipogênica” – Fabrício Borges

Especificidade dos 5 Biotipos. A matriz do temperamento pessoal sustenta e é sustentada pelo padrão de manifestação pessoal. Cada um dos 5 Biotipos deve apresentar uma característica destacável, capaz de organizar esse mecanismo de interação entre a necessidade e a escolha. Segue abaixo o principal aspecto contido no interior do temperamento de cada um dos 5 Biotipos, estudados pela Teoria Biotipológica:

  1. Biotipo ÁGUA: VONTADE.

VONTADE: É a capacidade ou a faculdade de a consciência dirigir as próprias ideias e pensamentos sobre as energias, promovendo e/ou modificando conhecimentos, comportamentos, decisões, atitudes e realidades. A força da vontade estimula a construção de objetivos firmes enlaçados com a transparência dos fatos. O resultado desse processo determina a AUTOSEGURANÇA e elimina a INSEGURANÇA.\

2. Biotipo FOGO: OTIMISMO.

OTIMISMO. Estado consciencial que permite observar e expor o lado positivo dos fatos, embora sapiente da existência das condições negativas. O otimismo mantido diuturnamente constrói as bases para a ESTABILIDADE  emocional e elimina a INSTABILIDADE exposta em manifestações eufóricas e agitadas.

3. Biotipo TERRA: INTELIGÊNCIA.

INTELIGÊNCIA. É a faculdade cognitiva caracterizada pela capacidade de consultar, refletir  e praticar o que foi aprendido. A inteligência direciona o padrão de manifestação ao que é realmente importante. O resultado desse processo é observado na organização dos pensamentos, na parcimônia e na intelectualidade conquistada com o tempo. A inteligência inibe o ESTRESSE MENTAL oferecido pela PREOCUPAÇÃO.

4. Biotipo METAL: SABEDORIA.

SABEDORIA. É formada pela aquisição de experiência prática a partir da observação destinada ao ambiente externo. O sábio busca entender o mecanismo da tarefa para aprender. Essa capacidade de analisar o ambiente e atrair a informação organiza a sapiência interna e permite a aquisição de conhecimento, formando a SABEDORIA e eliminando a INSATISFAÇÃO.

5. Biotipo MADEIRA: DISCERNIMENTO.

DISCERNIMENTO. É formado através da apreciação minuciosa e critica na distinção de uma coisa da outra. A captação de ideias necessita de racionalidade para que as decisões tomadas mediante a nova informação seja conduzida de forma errônea.  O DISCERNIMENTO conquistado elimina a INCOERÊNCIA das atitudes.

Causa. O acupunturista motivado a cumprir com as clausulas pétreas estabelecidas pela MTC a milênios deve em algum momento do processo terapêutico deve tratar a causa do problema. E para esse mesmo grupo de acupunturistas a doença física é motivada originalmente pela imaturidade consciencial. A imaturidade inibe o processo cognitivo e estimula a formação de um modelo de manifestação emocionalizado.

Terapêutica. A melhor forma de tratar a causa do problema é utilizar os VASOS MARAVILHOSOS, PONTOS DE ENTRADA, PONTOS BEISHU E SHENSHU, A combinação formada por essa qualidade de pontos organiza as energias conscienciais e permite o indivíduo entender naturalmente suas próprias manifestações.

“o autoentendimento estabelece as bases para a autocura” – Fabrício Borges

Biotipologia por Fabrício Borges de Faria. O livro Biotipologia por Fabrício Borges de Faria é resultado do intenso estudo e aprendizado realizado por mais de 15 anos. Durante esse tempo a curiosidade inata do autor associada ao fascínio do tema, motivaram a incessante busca por fatos e argumentos que pudessem autenticar as ideias magnas da MTC.

Lançamento. O livro Biotipologia por Fabrício Borges de Faria será lançado no dia 26 de AGOSTO em São Paulo. O lançamento dessa obra faz parte de um arrojado projeto de expansão do Centro Benessere, uma empresa e escola de MTC, compromissada com o CONHECIMENTO, fornecido de forma autentica e responsável desde 2013.

“especializando especialistas”

Fabricio Borges de Faria

Fisioterapeuta, acupunturista e escritor

 

Loja nova Dispensar