centrobenessere.com.br

Livre – Alívio

Existe um vazio de informação quando o assunto é a saúde e seus desdobramentos íntimos. Nossa sociedade se acostumou com a superficialidade das doenças e acabou deixando de lado premissas importantes que podem nos oferecer os principais elementos para cura das doenças. Os meus últimos 20 anos de vida foram dedicados ao estudo e prática da Medicina Chinesa por completo. Busco em cada linha lida e palavra escrita representar no presente os grandes mestres do passado que fizeram o seu melhor na época para nos conceder essa tão avançada forma de tratar chamada acupuntura. Desde o primeiro dia busquei retratar tudo da melhor maneira possível em qualquer ambiente da minha vida. Seja no campo da neurociência, fisiologia ou antropologia sempre busquei a clareza argumentativa para montar o ideário visto integralmente em livros, cursos e núcleo de formação. Fiz meu melhor! No entanto, chega um momento em que precisamos entender o que nos trouxe até o presente. Você então analisa todos os setores de sua vida e percebe que o todo parece estável, mas algo continua incomodando. E então de alguma forma você é simplesmente avisado que esse incomodo está no passado. E sem muito o que pensar você resolve ir rumo ao desconhecido para saber o que ficou por lá. Mesmo sabendo que o passado não alivia em nada e que nele estão impressos seus medos e angústias, você simplesmente respira, descansa um pouco e segue para lá. O futuro depende dessa visita. Em busca de respostas sempre estamos embora a maioria não perceba isso. Somos todos seres humanos, caminhando juntos, rumo ao futuro numa jornada de relações onde todos estão de alguma forma buscando ser melhores. Claro que dentro desse ambiente existem os bons, e os ruins; os inteligentes e os patetas e existem também aqueles seres de luz e brilho que farão de tudo para aliviarem seu caminho, mas em contrapartida sempre existirá seu lado contrário disfarçado como seu principal oponente; fabricado na escuridão e cheio de crueldade esses seres estarão sempre prontos para fazer você pensar que viver a vida não vale a pena. Por isso o passado nos afugenta! Os opostos estarão sempre fazendo sua parte para manter o todo em harmonia. Os mais sábios perceberam isso antes para então ensinarem aos que se interessam por suas ideias caminhos mais rápidos ou mais lentos para evolução. Mas o que não podemos esquecer é que sempre a cada nível conquistado nessa estrada da vida humana, um determinado pedágio deve ser pago a vista. Para isso existem diversos meios em forma de dinheiro, tempo e paciência. O problema está quando o destino lhe cobra mais do que isso. E te impõem um valor que você não tem no bolso ou banco. Quando esse momento chegar e o passado for lhe mostrado como sendo o único guardião daquilo que o tempo lhe cobra para poder seguir em frente, eu sugiro que estejam acompanhados pois esse movimento é totalmente do que o tradicional presente que se molda nesse instante ou mesmo o grande e prazeroso futuro que nos desperta sorrindo todos os dias de manhã.
O passado não barganha como fazem os comerciantes do Quirjiquistão muito menos dão descontos em suas mercadorias; voltar para encontrar o passado é uma tarefa que seus viajantes não recebem nenhuma garantia de retorno, pois no caminho existem ladrões piores e mais cruéis que aqueles da antiga Rota da Seda. O mais provável é que o pior acontece e você seja pego pela tristeza e angústia quando parte do que ficou for mostrado.

Sem garantias nenhuma de sucesso me proponho a esse movimento de volta para encontrar o que realmente interessa para que no momento certo eu volte a seguir pela linha de antes rumo ao futuro. Peço licença aos que ficam e desculpas aos que me amam, mas sem isso parte de mim não existirá mais em breve. Por isso eu sigo sem pensar duas vezes, ao passado eu volto para mostrar que existem pessoas e pessoas!

Quer saber mais sobre essas informações?

Gostou deste conteúdo?

Cadastre-se abaixo e esteja por dentro de todas as novidade!

Entre no Grupo de Whats app do Evento