centrobenessere.com.br

Origem Do Corpo Feminino

A Origem do Corpo Feminino

Projeto Tudo Que Sei

Livro: Saúde Energética da Mulher

Manuscrito 01.

12/11/22

 

 * Texto retirado do Livro Saúde Energética da Mulher postado na plataforma do Projeto Tudo Que Sei.


O belo estampado no figurino humano da mulher mostra bem no que nos tornamos. Desde o início seguimos pelo tempo buscando consolo em figuras imaginárias com medo de olhar para a verdadeira e material realidade. Os dias se passaram desde quando tudo começou ficar diferente entre os opostos.

            Desde o grande dia em que o Sol brilhou e os sorrisos surgiram nós tentamos entender como tudo foi possível acontecer sem ninguém se dar conta do que viria acontecer. Nascemos, crescemos e morremos sem saber se essas figuras enigmáticas são mesmo reais. O tempo urge entre os dias da semana e por isso não nos atrevemos a sentir mais do que dor por saber que são sim bem melhores que nós.

            Quando tudo era idêntico e os pelos cobriam o corpo mais belo, fomos pegos de surpresa pela natureza que separou seu brilhante mais importante para a grande noite de gala. Homens e mulheres formatam na prática o que aprendemos na teoria. Através dos opostos integramos o novo ser que nasce bem mais adiantado que os mais velhos que ainda conseguem andar sem muletas.

            A medida do certo em relação a proporção da matéria molda seus corpos que parecem mais esculturas do que peças de carne e osso. As diferenças são pra sempre importantes para que o melhor seja oferecido nos piores momentos.

            Os momentos são bem interessantes de serem contados desde o início já que fazemos parte de um mesmo contexto. Por isso me atrevo seguir com esse movimento que imprime ideias de ponta na medida do possível.

            O início do processo acontece quando os mais velhos percebem a presença de companhia ao longo da estrada que nunca acaba. Nesse dia antes que tudo comessace acontecer, os rumos do planeta pareciam estar mudando sem aviso prévio. Por isso os caminhos ficaram recheados de companhia.

            O planeta se inclinava por força de seu eletromagnetismo. A mudança do ângulo da Terra em relação ao Sol, altera as rotas migratórias dos animais que insistem agora em passar por onde os humanos tentam seguir sem sossego.

            Os mais velhos que sem força e energia ficavam no pelotão traseiro percebem a presença de carcaças logo ao lado e resolvem experimentar esse que viria em breve ser sua principal fonte de alimento.

            A velha carcaça deixada para trás ainda com sangue a mostra foi explorada por aqueles que já não tinham mais dentes para morder qualquer pedaço de carne. O jeito então foi consumir parte dos ossos da coluna que devido sua anatomia peculiar guardava no seu interior uma bela fonte nutricional.

             O tutano era descoberto para nunca mais deixar de existir entre nós. Sua infinita fonte de nutrientes serviu muito bem para que os velhos ficassem fortes e as mulheres férteis. As propriedades desse tipo de alimento foram fundamentais para que tudo pudesse acontecer em nossas existências.

            Enquanto experimentavam essa nova iguaria os homens e mulheres mais novas iam a frente coletando sementes como sempre. Nessa época as dificuldades eram enormes. As mulheres não tinham a força de hoje e por isso seus filhos viviam muito pouco. A escassez de alimentos determinava o fim do nosso futuro bem antes de existirmos por aqui.

            A sobrevivência ameaçava a continuidade de um projeto bem importante e custoso para acabar assim. Foi quando então os mestres do universo entram em ação para criarem os procedimentos legais para as mudanças que viriam a seguir.

            As carcaças serviram o corpo de nutrientes necessários ao fortalecimento dos ossos, músculos e metabolismo de gorduras. Tudo que eles precisavam para dar conta do recado e manter a ordem dessa difícil tarefa de estarem vivos.

            OS dias ficaram mais curtos e as noites mais longas tudo isso ajudaria a consolidação dos ciclos fisiológicos necessários ao metabolismo corporal. As mudanças climáticas estimularam o surgimento de verdadeiras películas de proteção na superfície da pele que se torna um grande centro de produção de agentes metabólicos cruciais para a produção de hormônios e nutrição celular.

            O alimento fornecido pelas carcaças fornece ainda os aminoácidos necessários a produção de leite materno e estimula a produção de bactérias intestinais capazes de assimilar outras inúmeras substâncias químicas que passam fazer parte do cardápio metabólico da espécie,

            Esse momento evolutivo foi essencial para transformar o corpo das mulheres que até então não diferia tanto dos homens em termos estéticos principalmente.

            Esse movimento patrocinado pelas carcaças foi apenas o início desse processo que conta com algo mais interessante e que mostra ser realmente uma grande qualidade das mulheres até hoje.

            Acontece que durante o processo de coleta as mulheres com filhos decidem não mais se esforçarem para coletar. Suas crias eram frágeis demais para serem deixadas a mercê da sorte. E por isso foi que elas resolveram ficar em lugares marcados para então cuidarem de seus filhos, enquanto os mais velhos buscavam mais tutano.

            O ponto de inflexão visto aqui modula os afazeres domésticos e maternais com o tempo, enquanto os homens desenvolvem os procedimentos necessários a caça. A evolução humana é por sinal muito mais dinâmica que se imagina já que esses eventos de transformação acontecem em todos os cantos do corpo humano de uma só vez.

            As mulheres por necessidade de sobrevivência desenvolvem o afeto e cuidado através de seu instinto materno. Ela passa cuidar mais do filho suprindo a maioria das demandas vistar hoje em dia. Em contrapartida os homens aprendem os enigmas da caça e formulam em seus corpos aspectos necessários para a corrida.

            O desenvolvimento do corpo humano acontece em nossos antepassados fazendo com que apareçam suas diferenças externas e aumentando sua qualidade funcional internamente. O primeiro passo para o cérebro ser prioridade no quesito evolução é dado a partir desse instante evolutivo marcado pelos Homo erectus há 1,9 milhão de anos.

            O corpo feminino toma forma em setores específicos concentrados principalmente no setor referenrte a reprodução. A forma anatômica estabelece seus critérios de proporcionalidade de acordo com os movimentos mais praticados. Nesse caso, as posturas agachada e de pé com o filho no colo são as mais estimuladas para desenvolver um novo quadril, tórax e braços.

            Os seios também recebem mais nutrientes para formarem novas glândulas mamárias, enquanto os pelos caem deixando-os a mostra. No interior do abdome inferior o útero é adequado ao tamanho da cabeça e o canal vaginal realinhado para penetração ocorrer sem obstáculos.

            Os sistemas fisiológicos são organizados a medida que os estímulos são dados por meio de contrações musculares constantes. As mudanças de postura corporal juntamente com a dieta carnívora facilitam a formação de novos tipos de células que contribuem para formar a estrutura dos tecidos.

            O desenvolvimento dessas peças orgânicas determinam o estado de plasticidade fisiológico visto hoje em dia nos homo sapiens. A natureza plástica de tecidos como os que formam os músculos por exemplo fornecem mais resistência aos impactos fornecidos durante a caça e ainda permitem que as mulheres economizem energia para gestação.

            O corpo humano organiza-se sob uma nova óptica de construção e funcionamento. Além de se diferenciarem os exemplares dessa espécie contribuem mais ainda para deixarem aos homines sapiens aspectos como a mente que surge mais adiante para abrigar novas formas de pensar.

            Mas isso fica a cargo do livro que está em fase acelerada de construção!


Saúde Energética da Mulher – Manuscrito 01

12/11/22

Para se aprofundar no assunto

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer saber mais sobre essas informações?

Gostou deste conteúdo?

Cadastre-se abaixo e esteja por dentro de todas as novidade!

Entre no Grupo de Whats app do Evento